Navigation | Page content | Additional information

Page content

Press Release

February 26, 2020

Os stands conjuntos internacionais apresentam uma cultura de inovação para o futuro da mobilidade

O progresso da digitalização, a mobilidade elétrica e o renascimento das vias ferroviárias são apenas alguns dos temas fundamentais da InnoTrans 2020. A partir de uma superfície com uns bons 9500 m², 38 stands conjuntos de 20 nacionalidades diferentes disponibilizam insights sobre os mais recentes avanços em mobilidade aos visitantes profissionais. Os stands conjuntos encontram-se, entre outros, no CityCube, pavilhões 7.2a, 7.2b, 7.2c, 9,10.2, 11.1, 11.2, bem como nos pavilhões 25 e 26. Os pavilhões 7.2a a 7.2c, bem como o pavilhão 11.2 contêm exclusivamente stands conjuntos. A associação japonesa JORSA apresenta exclusivamente o seu stand conjunto no pavilhão 7.2a.

Os stands conjuntos alemães contam com a cooperação internacional como motor da inovação

Com mais de 1200 m² de espaço de exposição no pavilhão B, no CityCube, a região da capital Berlim-Brandemburgo oferece aos vários expositores da região a oportunidade de convencerem o público especializado das suas capacidades na InnoTrans.

“A região da capital alemã irá apresentar cerca de 80 expositores de Berlim e Brandemburgo num stand conjunto, na InnoTrans 2020. O grande interesse indica a importância da região da capital como local de concentração da engenharia de tráfego. O stand será utilizado como uma janela para as capacidades de desempenho e inovação das empresas da região da capital. A indústria ferroviária, em particular, demonstrará as suas competências nas áreas da engenharia de veículos, infraestruturas e operação ferroviária com o objetivo de iniciar uma cooperação inovadora com parceiros nacionais e internacionais.” afirma Dajana Pefestorff, Gestora de Projetos do Comércio Internacional e Serviço Europeu da Wirtschaftsförderung Land Brandenburg GmbH.

Thomas Horn, Administrador Executivo da Wirtschaftsförderung Sachsen, constatou também a importância económica da InnoTrans para a região da Saxónia: “A Saxónia é um dos 3 principais centros para a engenharia de veículos ferroviários com fortes intervenientes como a Goldschmidt Thermit, a Bombardier e a RailMaint. Consequentemente, a InnoTrans é “essencial” para as empresas de engenharia ferroviária saxónicas. O nosso stand empresarial conjunto tem em Berlim um grande palco e as médias empresas tecnologicamente fortes podem demonstrar que são a base para a inovação da indústria.” Com 29 expositores, o stand conjunto da Wirtschaftsförderung Sachsen, no pavilhão 7.2b, registou um aumento comparativamente ao número de expositores da InnoTrans 2018. 

Os stands conjuntos criam sinergias prósperas

“A Überwachungsgemeinschaft Gleisbau e.V. tem tido desde o início um stand conjunto na InnoTrans, o qual se tornou desde então num dos pontos de encontro do setor na feira. Isto proporciona também às pequenas empresas associadas a oportunidade de se apresentarem num ambiente adequado. Além disso, é possível distribuir as diversas tarefas inerentes à participação numa feira por mais ombros e criar sinergias a partir da experiência dos respetivos parceiros de stand. Mas há também vantagens para os visitantes: estes podem encontrar informações compactas sobre uma ampla gama de ofertas num só local”, afirmou Bernd Kaiser, Diretor Executivo da Überwachungsgemeinschaft Gleisbau e.V., que estará em exposição no pavilhão 25.

A Grã-Bretanha enfrenta o Brexit com uma grande apresentação na feira

Com mais de 600 metros quadrados de espaço de exposição nos pavilhões 2.2, 11.2 e 23, a associação ferroviária britânica RIA apresenta três stands conjuntos. Isto significa que a associação ferroviária britânica irá expandir a sua área de exposição em mais de 100 metros quadrados em comparação com a InnoTrans 2018.

As empresas francesas focam-se na mobilidade sustentável

Nos pavilhões 3.2 e 11.2, os stands conjuntos franceses da Business France focam-se na mudança da mobilidade: “O setor ferroviário como o conhecemos está em processo de mudança. No que diz respeito à digitalização dos carris e às grandes tendências no contexto da intermodalidade e da mobilidade, os intervenientes do setor ferroviário francês estão a colocar a inovação no centro da sua estratégia. Com o seu know-how e competências reconhecidos mundialmente, a França é o segundo maior interveniente europeu e o terceiro maior interveniente do mercado mundial, com um volume de negócios de cerca de 4 mil milhões de euros.” afirma Clémentine Vallet, Chefe de Projeto das Atividades Operacionais. Além disso, Vallet enfatiza a importância da InnoTrans para o setor: “A InnoTrans, a força motriz do setor ferroviário e da inovação para a mobilidade sustentável, proporciona assim a oportunidade de aumentar a atratividade das empresas francesas em todas as redes internacionais”. 

Primeiro stand conjunto da Malásia

A Malásia apresenta-se pela primeira vez no pavilhão 11.2 com um stand conjunto. Para a associação malaia Malaysia External Trade Development Corporation (MATRADE), a decisão de realizar uma apresentação conjunta na InnoTrans constitui um objetivo há muito almejado. “A Malásia vai participar pela primeira vez na InnoTrans

. Este ano, serão apresentadas 10 empresas malaias da indústria ferroviária. Seguramente, o desenvolvimento e o crescimento da indústria ferroviária malaia superaram as expectativas nos últimos anos. A indústria ferroviária local desenvolveu-se e alcançou padrões e reconhecimento internacionais. A participação da Malásia na InnoTrans deverá posicionar a Malásia como um parceiro fiável nas áreas da engenharia, aquisição, construção e colocação em funcionamento (OPCC) para os fabricantes internacionais de equipamento original (OEM). A MATRADE concebeu uma estratégia para dar um forte impulso à indústria ferroviária do país, encorajando as empresas a demonstrar as suas competências em feiras internacionais de prestígio, como a InnoTrans, em Berlim.” afirma Badrul Hisham Hilaly, Trade Comissioner da MATRADE Frankfurt.

Para além do Twitter, poderá também encontrar informações atualizadas sobre a InnoTrans na página de LinkedIn da InnoTrans.

Sobre a InnoTrans

A InnoTrans é a feira líder internacional para engenharia de tráfego que decorre de dois em dois anos em Berlim. 153 421 visitantes de 149 países participaram nos últimos eventos em 3062 expositores de 61 países sobre as inovações da indústria ferroviária global. Os cinco segmentos da feira da InnoTrans incluem Railway Technology (Tecnologia ferroviária), Railway Infrastructure (Infraestruturas ferroviárias), assim como Public Transport (Transporte público), Interiors (Interiores) e Tunnel Construction (Construção de túneis). A organizadora da InnoTrans é a Messe Berlin. A 13.ª edição da InnoTrans terá lugar de 22 a 25 de setembro de 2020 no centro de exposições em Berlim. Mais informações disponíveis online em www.innotrans.com.